Páginas

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Sopro

   -Sopro de felicidade -suspirou de olhos fechados.

  -Hãm? -buscou-a com os olhos confusos.

  -Estou com um sopro de felicidade.

  -Está apaixo...

  -Não! -exclamou de olhos arregalados -Estou com um sopro de felicidade.

  -Você é fresca -revirou os olhos, impaciente com as palavras confusas.

  -Você é chata. Também tem um sopro, mas não admite.

  -Ele te faz feliz pelo menos? -olhou firmemente para garota.

  -Ele é meu SOPRO DE FELICIDADE -ergueu a voz em duas oitavas.- Triste é que ele não me faz.

  -Hum -suspirou cansada.

  -He's of scorpion - sussurrou com seu inglês recém-descoberto.

  -Oh my gosh. Sexy -arregalou os olhos.

  -Sì, la mia bella -abriu um sorriso brilhante. -Faz um mapa?

  -Hãm? Mapa? -fingiu confusão e recebeu um revirar de olhos.

  -Faaaz! -se prolongou na vogal dando mais ênfase com sua expressão de pena.

  -Não -respondeu secamente.

 -Ah! Faz, faz, faz! -continuou com a persuasão típica.

  -Ele é sexy, basta.

  -Sopro de tesão.

  -Ei! -olhou ao redor. -Cale a boca!

 -Tudo bem, não faça então. -virou o rosto.

  -Não entendo seu problema, ele é sopro de felicidade, ótimo.

  -Não, não é ótimo -cruzou os braços. -E você?

  -Eu? Que é? -bufou.

  -Onde está seu sopro?

  -Não tenho um, desculpe.

  -Tem sim, todas as pessoas têm um sopro de felicidade ou de alegria ou de tesão, que seja. -viu a amiga ruborescer-se em tons de rosa. -Não adiante negar ou omitir, mesmo que algumas vezes seja mais fácil viver com um sopro de nada. É lindo ter um sopro de felicidade, sopro de vida. Mas as pessoas têm medo. Você tem medo.

  -Você filosofou. -sorriu.

  -Sopro de felicidade -pela milésima vez-.

Laura - Julie

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...